Marcelo Ferreira / Barítono

Marcelo Ferreira / Barítono

Mídia Divulgação

Vídeos

Bio

O barítono Marcelo Ferreira Silva nasceu no Recife e começou seus estudos musicais aos sete anos, no Conservatório Pernambucano de Música, estudando piano e violão clássico. Formou-se pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), recebendo a Láurea Acadêmica. Em seguida, completou mestrado em música na Universidade de Campbellsville (EUA), quando foi convidado a integrar a sociedade de honra acadêmica musical Pi Kappa Lambda.

É doutorando em Canto e Ópera pela Indiana University (EUA), o maior programa acadêmico de ópera do mundo, onde estudou com o renomado barítono Andreas Poulimenos. Foi também integrante do Graduate Opera Workshop, estudando interpretação dramática por dois anos com a internacionalmente aclamada soprano Carol Vaness. Ocupou a posição de aprendiz residente para a temporada 2009-2010 da Opera Tampa (EUA), em que atuou sob a direção do lendário barítono verdiano Sherrill Milnes.

Em sua carreira, Marcelo Ferreira Silva acumula diversos prêmios e atuou como solista com várias orquestras, cantando repertório sacro, de câmara e sinfônico. Como cantor operístico, interpretou diversos papéis no Brasil, Estados Unidos e Europa, incluindo Giorgio Germont (La Traviata), Gianni Schicchi (Gianni Schicchi), Marcello (La Bohème), Escamillo (Carmen), Sharpless (Madama Butterfly), Alfio (Cavalleria Rusticana), Taddeo (L’Italiana in Algeri), Albert (Werther), e Ben (The Telephone). Recentemente, se apresentou na Alemanha interpretando os papéis de Figaro (Le Nozze di Figaro) e Don Giovanni (Don Giovanni). Em julho de 2015 apresentará mais uma vez o papel de Don Giovanni na Europa,no histórico Estates Theater em Praga (República Checa), o mesmo teatro onde esta ópera teve sua estréia em 1787, regida pelo próprio Mozart.

Marcelo Ferreira Silva também desenvolve trabalho docente dirigindo e ensinando no Opera Studio do Recife, projeto anual patrocinado pela Fundarpe/Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, que traz profissionais do mais alto nível brasileiros e internacionais para ensinar jovens cantores locais. No ano de 2014 ministrou um curso de história da ópera em São Paulo, Fortaleza e Recife dentro da programação da Caixa Cultural (Caixa Econômica). Ele foi também fundador e diretor da Companhia Operários, uma companhia local de música clássica.

 

Repertório

ÓPERA
Bellini I Puritani Riccardo
Bizet Carmen Escamillo
Les Pêcheurs de Perles Zurga
Donizetti Lucia di Lammermoor Enrico
L’Elisir d’Amore Belcore
La Favorita Alfonso
Gounod Faust Valentin
Leoncavallo Pagliacci Tonio
Mascagni Cavalleria Rusticana Alfio
Massenet Werther Albert
Mozart Don Giovanni Don Giovanni
Le Nozze di Figaro Conte Almaviva / Figaro
Rossini Gugliermo Tell Gugliermo Tell
L’Italiana in Algeri Taddeo
Puccini La Bohème Marcello
Madama Butterfly Sharpless
Gianni Schicchi Gianni Schicchi
Manon Lescaut Lescaut
J. Strauss Die Fledermaus Dr. Falke
R. Strauss Salome Jochanaan
Verdi La Traviata Giorgio Germont
Falstaff Ford
Un Ballo in Maschera Renato
Luisa Miller Miller
Don Carlo Posa
Wagner Tannhäuser Wolfram
CAMERÍSTICO E SINFÔNICO
Dvořák Te Deum
Mozart Requiem
Coronation Mass
Beethoven 9.  Sinfonie
Fantasie
Mendelssohn Elias
Schubert Messe in G-Dur
Saint-Saens Oratorio de Noël
Brahms Ein deutsches Requiem
Bach Johannespassion
Matthäuspassion 
Magnificat
Messe in h-Moll
Händel Messiah

Depoimentos

“Marcelo [Ferreira] ist ein bulliger Don Giovanni, der allerdings auch die lyrisch-erotischen Töne beherrscht.” – Thomas Janda (Der neue Merker – Alemanha)

 

“For both acting and singing, one could but cheer… Marcelo Ferreira as the painter Marcello” – Peter Jacobi (Herald Times – Indiana)

 

“Saturday’s Schicchi, a younger Marcelo Ferreira, was not to be outdone. He very much held his own as the charming rogue.” – Peter Jacobi (Herald Times – Indiana)

 

“Marcelo Ferreira was the evening’s Gianni Schicchi. He made the rogue such an attractive figure…” – George Walker (WFIU/NPR – EUA)

 

“Marcelo Ferreira é um dos raros barítono dramáticos da cena nacional, sua voz tem graves fartos […] mostrou técnica segura em uma voz potente e bem projetada.” – Ali Hassan Ayache (operaeballet.blogspot.com.br)

 

“Ferreira mostrou-se outro jovem bastante promissor, com belo timbre, boa projeção e, sobretudo, uma pasta baritonal bastante cativante.” – Leonardo Marques (movimento.com)

 

“Marcelo Ferreira’s young, dramatic baritone is rich, subtle and full of depth. With an intense stage presence, the interpretations are engaging and exciting. He is a dedicated artist with splendid prospects in the dramatic baritone repertoire.” – Damon Nestor Ploumis, general director (Lyric Opera Studio Weimar)