Marcelo Lombardero

Nascido em uma família de artistas dedicados ao gênero operístico, Marcelo Lombardero esteve ligado às casas de ópera desde cedo.

Formou-se no Instituto Superior de Arte do Teatro Colón de Buenos Aires com as melhores médias; foi membro do Coro Infantil e Coro Estável do Teatro Colón e renomado barítono, tendo se apresentado em vários teatros na América e na Europa.

Entre 2005 e 2008, foi nomeado Diretor Artístico do Teatro Colón; entre 2008 e 2013, foi Diretor Artístico do Teatro Argentino, tendo sido sua gestão á frente desta instituição, considerada a mais importante e produtiva daquele Teatro.

A partir de 2016, retorna ao Teatro Col√≥n como Diretor da √≥pera de C√Ęmara.
Sob sua gest√£o, prop√Ķe a √≥pera de C√Ęmara como um projeto itinerante para atingir diferentes etapas da cidade de Buenos Aires, do pa√≠s e do exterior. Promove jovens artistas e recupera obras importantes que v√£o do Barroco aos dias de hoje.

√Č membro do Conselho de Administra√ß√£o da OLA (√ďpera Latino-Americana), √≥rg√£o do qual √© co-fundador e primeiro vice-presidente (2007).

No √Ęmbito privado, criou o TMC (Teatro Musical Contempor√Ęneo), companhia independente de teatro musical com a qual produziu seus pr√≥prios espet√°culos, apresentados em teatros da Argentina e festivais internacionais.
Sua obra Bromas y Lamentos, baseada em composi√ß√Ķes de Monteverdi e Cavalli, foi apresentada em Buenos Aires, Miami, e na inaugura√ß√£o do Conjunto de Artes C√™nicas de Guadalajara (2017).

Lombardero iniciou sua atividade como encenador no Centro de Experimenta√ß√£o daquele teatro (CETC). L√° ele editou Mahagonny Songspiel de Brecht-Weill, In the Moonlight com m√ļsica de Monteverdi, Ravel e Debussy e Aventures et Nouvelles Aventures de Lygeti.

Em 1995 estreou-se no salão principal do Teatro Colón com a encenação de O Castelo de Barbazul. Em 2002 ele concluiu uma nova produção de La Fanciulla del West, que foi seguida por Dialogues des Carmélites, Der Kaiser von Atlantis, Der König Kandaules, Jonnyspieltauf, Wozzeck, Parsifal, Macbeth e Rise and Fall of the City of Mahagonny.

Trabalhando assiduamente na Europa, Estados Unidos e Am√©rica Latina, al√©m de faz√™-lo em v√°rios centros musicais da Argentina, sua montagem de Lady Macbeth de Mstensk (TeatrWielki, Poznan) foi premiada com a melhor produ√ß√£o de √≥pera na temporada 2011-2012 da Pol√īnia. Carmen (Palacio de Bellas Artes, M√©xico) recebeu o pr√™mio Lunas do Auditorio de M√©xico; sua atua√ß√£o de Billy Budd de Britten, em Santiago do Chile, foi distinguida pelo C√≠rculo de Cr√≠ticos de Arte.

Escreveu ensaios e reportagens sobre ópera e teatro musical para diversos meios de comunicação especializados, locais e internacionais.

Desde 2008 dirige e produz a bem-sucedida s√©rie de r√°dio Un programa de √ďpera para a Radio Nacional Cl√°sica de Argentina.

Marcelo Lombardero
Mídia Divulgação
Vídeos
Opera Atelier
Contato

Vitor Philomeno | Gerente Artístico
+55 (11) 96837-1982
contato@opera-atelier.com

Opera Atelier Artists 2014-2022 © Todos os direitos reservados