Saulo Javan / Baixo

Saulo Javan / Baixo

Mídia Divulgação

Vídeos

Bio

Reconhecido pela crítica especializada como um dos principais artistas de ópera do Brasil, Saulo Javan  é presença constante em casas de concerto e ópera como a Sala São Paulo, Sala Minas Gerais e os Teatros Municipal de São Paulo, Municipal do Rio de Janeiro, São Pedro, Teatro da Paz,Tobias Barreto e Santa Isabel.

Foi solista nas operas Lo Schiavo, Manon Lescaut, Eugene Oneguin, Magdalena de Villa-Lobos, O Rouxinol de Stravinsky, Aida de Verdi, O Elixir do Amor e Don Pasquale de Donizetti , Gianni Schicchi e La Bohème de Puccini, entre outras.

Integrou o elenco da Cia. Brasileira de Ópera como Don Bartolo em O Barbeiro de Sevilha de Rossini e cantou a estréia mundial da ópera Dulcinéia e Trancoso de Eli-Eri Moura.

Nas temporadas 2013 e 2014 do Theatro Municipal de São Paulo, apresentou-se nas óperas The Rake’s Progress, Don Giovanni, La Bohème, Falstaff e Salomé.

Faz parte do Trio Cantares com Rosana Lamosa e Sonia Rubinsky.

Gravou a Sinfonia no.X – Ameríndia de Heitor Villa-Lobos com a Osesp, sob a regência do Maestro Isaac Karabtchevsky.

Em 2002 venceu o Concurso de Canto Villa-Lobos.

Estudou canto com Carmo Barbosa e Marconi Araújo. Prepara-se com renomados coachings brasileiros como Rafael Andrade e Ricardo Ballestero.

Repertório

ÓPERA
Gomes Lo Schiavo Conde Rodrigo
Guarnieri Um Homem Só Alcides
Weber Der Freischütz Kuno
Eli – Eri Dulcinéia e Trancoso Bozo
Donizetti Don Pasquale Don Pasquale
L’elisir d’Amore Dulcamara
Händel Alcina Melisso
Massenet Thaïs Palemon
Mozart Die Zauberflöte Sarastro
Don Giovanni Leporello
Le Nozze Di Fígaro Figaro / Bartolo
Puccini Gianni Schicchi Simone
La Bohème Coline / Benoit
Manon Lescaut Geronte di Revoir
Tosca Sagrestano
Rossini Il Barbieri di Siviglia Bartolo / Don Basilio
Verdi Falstaff Pistola
Macbeth Banquo
Villa Lobos Magdalena Padre José
Stravinsky The Rake’s Progress Truelove
Le Rossignol Bonzo
Resende A Rosa do Asfalto Amante
Rimsky-Korsakov Mozart und Salieri Salieri
Tchaikovsky Yevgeny Onegin Prince Gremin
Lehar Die lustige Witwe Baron Mirko Zeta
Scott Joplin Treemonisha Parson Alltalk / Simon
REPERTÓRIO CAMERÍSTICO E SINFÔNICO
Bach Weihnachts  Oratorium
Beethoven 9. Sinfonie, opus 125
Missa Solemnis, Op. 123
Brahms Acht Zigeunerlieder, opus 103
Vier ernste Gesänge, opus 121
Fauré Réquiem,  opus 48
Häendel Messiah
Pe. José Mauricio Réquiem
Mahler Rücker Lieder
Rossini Petite Messe Solennelle
Villa-Lobos Sinfonia no. 10  Ameríndia

Depoimentos

“(…) a autoridade inerente à voz aveludada do baixo Saulo Javan, empregada com mestria a traduzir a personalidade do Conde Rodrigo “.

Por Sérgio Casoy, em Movimento.com – “Um domingo perfeito”, 25/10/2016

“Saulo Javan entrou em campo no segundo ato e mostrou todo um repertório de belos graves em uma voz que prima pela solidez. Fez um Leporello de alto nível.”

                                                                 Por Ali Hassan Ayache,  em ÓPERA & BALLET, 13/09/2013

“O baixo Saulo Javan esteve bem como o Conde Rodrigo”

Por Leonardo Marques, em movimento.com – “Em honra a Carlos Gomes”, 25/10/2016